Subsídios às empresas de ônibus somam R$ 2,4 milhões ao mês

E o sistema de ônibus em Petrópolis começa a ter mais subsídios. Do município vão entrar mensalmente no caixa das empresas R$ 1,8 milhão que bancam o vale-educação oferecido aos estudantes. Do governo federalista vêm mais R$ 400 milénio de subvenção mensal pela passagem dos idosos. Assim, são R$ 2,4 milhões ao mês para as empresas de ônibus. Porém, ao contrário do que a gente pensa, o subvenção não vai fazer a tarifa permanecer menor. Vai funcionar para que as empresas recomponham minimamente as condições do sistema, o que já deveria ser obrigação. E a gente lembra cá que nascente numerário precisa ser descontado do operação tarifário.

Novo é outra coisa

A prefeitura anda meio confusa sobre o que é novo e o que é usado. Estão entrando em operação 13 ônibus seminovos, ou seja, de segunda mão e que já rodaram em outras paragens, mas a prefeitura anunciou que em seis meses serão ’mais 40 ônibus novos’. Gente, novo é zero quilômetro.

Bons tempos…

E pensar que nos idos longínquos de 1995, Petrópolis tinha uma das frotas de ônibus mais novas do Estado. No sumo, conforme a lei vigente da quadra, os ônibus só poderiam ter 11 anos de uso. E aí a gente ‘exportava’ nossos veículos que ficavam velhos para outras cidades. Agora, acontece justamente o contrário: estamos comprando seminovos da baixada…

Ele pode ser considerado um “Legado” de Petrópolis de tanto que vem a cidade e divulga o município nas redes sociais. E Neguinho da Beija-Flor é a atração desde domingo, iniciando janeiro em clima de samba, às 20h, na Rossio da Liberdade.

Compra mais!

Não sei, não, mas pela quantidade de buracos que tem surgido na cidade, frutos de muita chuva, esse asfalto que a prefeitura anda comprando não vai dar nem para o primórdio.

Mais um ano sem

Completa 11 anos a desativação do posto da Polícia Rodoviária Federalista na subida da serra via BR-040. Segundo a Concer, seria necessária a demolição do posto para progredir com a novidade pista, cujas obras foram paralisadas em 2016. E hoje estamos sem posto e sem novidade pista.

Ainda aguardamos

Restauração esperada por mais de 10 anos, a recuperação do pintura de Djanira, obra da artista doada a Petrópolis em 1953 e que fica no Liceu Municipal, ainda não foi concluída. Iniciado em 2021, o trabalho foi paralisado, depois a empresa que inicialmente venceu a licitação ter encerrado o contrato por problemas internos. Agora, a gente aguarda uma segunda licitação. Com 12,75 metros de comprimento e 3,50 metros de profundidade, a obra é considerada de valor inestimável e uma das peças mais importantes já produzidas pela artista.

Sem Expo

Na ocasião, nos passou despercebido quando foi lançado, em novembro, pela prefeitura, o calendário de eventos de 2023. Mas, hoje nós demos falta: não vai ter a Exposição Agropecuária? Porque não tem zero assinalado entre final de abril e início de maio – quando costumava ocorrer o evento. A última sarau deste tipo foi em 2019, porque nos anos seguintes teve pandemia e a tragédia das chuvas.

Bueiros

Muito que a gente avisou que não ia dar tempo. Em outubro, em conformidade na justiça, a prefeitura se comprometeu a limpar 15 milénio bueiros na cidade. Ontem admitiu que limpou 10 milénio, depois de montar uma força-tarefa exclusiva para esta finalidade. Os cinco milénio que faltam devem permanecer prontos até fevereiro.  

Com essa imagem linda, do Vale das Videiras, a gente deseja que 2023 seja assim: ensolarado e pode até ter algumas nuvens, mas compondo com sublimidade o cenário. Foto de Patrícia Bottini.

Ainda o semáforo

E sobre o semáforo ‘inteligente’ que falamos ontem, instalado por Hingo Hammes, na esquina da Montecaseros com a Piabanha – que nunca funcionou e agora foi retirado-correligionários do ex-interino nos disseram que o equipamento que faltava para seu funcionamento foi entregue à gestão de Bomtempo.

Feriadões

E 2023 vai ter zero menos do que nove feriados nacionais e cinco pontos facultativos, estes para os abençoados que são servidores públicos. Além deles, quem puder emendar vai se esbaldar: depois do Carnaval vem 21 de abril (sexta), 1° de Maio (segunda), 7 de setembro (quinta), 12 de outubro (quinta), 2 de novembro (quinta), 25 de dezembro (segunda) e 1° de janeiro (segunda).

Contatos com a poste: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Essa postagem foi útil para você?

Clique em uma estrela para classificá-la!

Classificação média 0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.